Fitoquímica

Fitoquímica

Fitoquímica

A Aboca realiza este tipo de pesquisas principalmente dentro dos seus laboratórios, equipados com sofisticados equipamentos como:

HPLC: cromatografia líquida de alto rendimento;
LC-MS ion trap: espetrómetro de massa em fase líquida de barreira iónica;
GC-MS: Gás-massa, espetrómetro de massa acoplado a cromatógrafo de gás.

As técnicas utilizadas são específicas para cada tipologia de componente a quantificar. Técnicas mais sofisticadas como a Metabolómica (através de LC-MS ion trap) são necessárias para obter um “fingerprint” do fitocomplexo, ideal para o controlo da qualidade de rotina, incluindo o aspeto da estabilidade, particularmente problemático para as plantas.

Outro aspeto muito importante ligado à caracterização total do fitocomplexo é a possibilidade de associar a atividade biológica das plantas a compostos químicos em particular.